Peso inicial e final

LilySlim Weight loss tickers

quinta-feira, 30 de julho de 2015

#ProjetoDedaEmForma - Pesagem do dia 30! Podia ser pior!

Oi gente, como estamos?! Aqui tá tudo indo!

Todo dia tento vencer a preguiça, ainda mais que esses dias eu ando dolorida pra caramba! Fiz um treino de força no Your Shape. Avanço, avanço pulsante, agachamentos cadeira, agachamento sumô, agachamento pulsante (esse é o pior), além de exercicios de braço com pesinho e aeróbico. Abdominais, pranchas.... pra quê????? Eu sei que tenho que fazer atividade pra tonificar junto com o aeróbico pra emagrecer, mas geeeente... não é de Deus não! Tem 3 dias que não dá pra triscar na minha perna que arde. Mas isso não tem me impedido de cumprir a meta de 300kcal por dia.

Fiz caminhada, ontem fiz videoaula da postagem passada (queimou 100 kcal cada vídeo). Tentando fazer coisas mais leves até conseguir fazer outro treino de força/tonificar. Quero ficar durinha! kkkk

Mas vamos a parte que interessa. Todo mundo sabe que eu tenho meu dia livre por semana, e a bonita aqui faz a gordice um dia antes de pesar. Quando a folga do Renan dá nas minhas pesagens é uma tristeza! Mas confesso que podia ser bem pior. Cai nas graças da cerveja com amendoim japonês, mas no fim acabei controlando muito bem o resto da alimentação do dia e não teve consequências tão ruins. Resultado...


#ProjetoDedaEmForma !


PESO: 79.8 kg (-700g)
ÍNDICE DE MASSA CORPORAL: 35,5 (-0,2) Obesidade II
PORCENTAGEM DE GORDURA CORPORAL: 53,1% (-1%)


Dez dias realizados com sucesso! Único dia que ficou abaixo dos 300 foi no dia 25 (que o Renan fez a surpresa, eu achei que teria mais tempo livre pra terminar a malhação, mas no fim ele tava de folga e a gente ficou namorando em casa! Mas no dia seguinte fiz questão de pegar um pouco mais pesado pra compensar a falta do dia anterior. Comigo tem que ser preto no branco! kkkk Não deixo passar não!


Tirando as dores musculares que são normais, eu to bem feliz com meu condicionamento físico. Espero que ele fique cada vez melhor. Em setembro eu quero ver se eu subo a minha mínima pra 400 kcal diárias. Mas vamos ver como as coisas correm daqui pra lá.


#Mudando de Assunto!

Essa semana eu fui conhecer o mural dos Beatles em Seaforth. 30min de caminhada daqui e eu nunca tinha ido. Aos poucos eu exploro as partes turísticas de Liverpool. Tenho muito o que ver ainda, eu sei! Tô super contente que o maridão tá tentando mudar os horários dele pra ficar com o fim de semana livre, o que vai dar mais tempo pra gente aproveitar as coisas. Afinal as atrações, shows, entre outros só acontece no fim de semana, e no fim eu acabo indo sem ele. Se tudo der certo isso vai mudar!

Em Seaforth Village

Eu vou ver se eu volto a colocar receitas, que uma amiga vive pedindo. Mas confesso que ando sem criatividade na cozinha. Ando comendo muito wrap porque é rápido e prático. Frutas, iogurte, e no máximo um macarrão ou arroz com carne. Se eu variar o cardápio eu posto alguma coisa gostosa pra vocês. Fiz essa semana um bolo de cenoura com chocolate amargo, ficou até bonzinho, 200 kcal por pedaço. Mas quero aprimorar primeiro antes de botar a receita.

Abraços e até a próxima!







Comente com o FACEBOOK!

terça-feira, 28 de julho de 2015

Surpresa que o maridão fez + Vídeoaulas que gostei!


Oi gente, como estamos?! Por aqui vai indo, e por aí?! Tão conseguindo se superar nos seus desafios pessoais?!

Nossa! Eu tenho assistido tanta videoaula! Fico procurando umas coisas legais pra mudar minha rotina, e claro trazer pra vocês que estão fazendo comigo esses 60 dias. Eu gosto de mudar. Até porque eu enjoo fácil de fazer a mesma coisa sempre. Mudo as rotas da caminhada, mudo o jogo do xbox e mudo também as videoaulas. Eu sou complicada assim, me entedio muito fácil, o que torna minha vida muito difícil em coisas constantes.

Essa eu assisti no domingo e cai de amores por ela. É simples, não precisa de pesinhos pra fazer, só o peso do próprio corpo mesmo. Como sempre tem a moça que faz a versão simplificada a sua direita :)

Eu vou passar a procurar os vídeos em português pra dar uma facilitada pra quem não tem facilidade com inglês. Esse as instruções são simples: 

1. MANTER O ABDOME CONTRAÍDO DURANTE TODOS OS EXERCÍCIOS.
2. MANTENHA OS BRAÇOS SEMPRE NA LINHA DOS OMBROS. SEJA PARALELOS AO CHÃO OU NA VERTICAL. NÃO DEIXE FICAR INCLINADO, PODE CAUSAR LESÕES.
3. TODA VEZ QUE ACHAR QUE TÁ MUITO DIFÍCIL CONVERSE CONSIGO E DIGA "EU CONSIGO", "SÓ MAIS UM POUCO" E VÁ ATÉ O FINAL

No mais é só copiar o que eles fazem e transpirar bastante! Esse é de 30min certinho, não precisa procurar nada extra pra fazer :) Espero que gostem!

 
 
Esse canal "POPSUGAR" tem vários vídeos de 30min que são muito bons! Eu tenho assistido e fiquei com vontade de faze-los. Vou deixar mais dois links pra vocês. Afinal aqui a leva é de 3 em 3... kkkk :) Para pesinhos, eu uso 2 garrafinha de 500ml de água. Porque mesmo que não sejam pesados, só de você segurar e manter os músculos contraídos da pra sentir e muiiito! Nesse abaixo, é a moça da esquerda que faz os exercícios simplificados (de azul).

 

E pra finalizar uma série de dança! Bem animada e dinâmica!

 

#Mudando de Assunto!

Eu não quis misturar a primeira postagem do desafio com a minha vida pessoal, mas falando em pessoa que precisa de motivação e coisas novas, tenho que dividir a minha alegria do fim de semana! Quem tem a página do facebook já tá atualizado nesse quesito. Marido lindo me enganou no sábado e fez uma surpresinha gostosa. 

De manhã eu vi os ingredientes do macarrão a pesto, uma massa que ele aprendeu a fazer morando na Italia. Até aí tudo bem, fiquei feliz em saber que ia ter comida fresquinha feita por ele. Geralmente dias que ele trabalha a gente não sai de casa. Até porque não dá pra ele se cansar antes de um turno de 8 a 12h. Ele me chamou pra fazer uma caminhada na praia, que tava bem disposto, o dia tava bonito, e ele queria aproveita-lo comigo. Achei estranho, mas comemorei que ia fazer a minha atividade física com companhia. Mas ao mesmo tempo que eu caminhava, eu me preocupava com o tempo, já que ele ia trabalhar na noite. Caminhamos de mãos dadas, sentamos um pouco no fim do percurso pra admirar a beleza daquele dia nublado, porém com um solzinho timido aparecendo entre as nuvens. Abraços, carinhos, e eu preocupada acelerei ele pra voltarmos, afinal ele ainda ia cozinhar, e tinha que se arrumar pro trabalho. 

Chegamos em casa, me sentei no meu banquinho a beira da mesa e fiquei deliciando a vista do meu personal "Chef" separando e preparando ingredientes para o nosso jantar, enquanto eu tomava um vinho e ouvia musicas românticas pra curtir aquele dia que tava correndo maravilhosamente... O tempo todo, desde a hora que ele acordou, já com um jeitinho diferente, depois a caminhada e depois me servir aquele vinho, eu me repetia "Que Dia Bom! Pena que ele tem que sair pra trabalhar daqui a pouco..."







Do nada ele me pede pra mexer a massa, essa hora eu confesso que fiquei desconfiada. Ele nunca me pede pra triscar na comida que ele faz... kkk Cada um respeita o espaço culinário do outro. Disse que precisava ir ao banheiro. Mas pensei comigo, em casamento ele já me pediu, já casamos... então deve ter dado vontade de banheiro mesmo... Ele volta, servimos nossos pratos enquanto ouvimos música, conversamos e rimos. Quando eu chego na mesa da sala, as luzes apagadas e velas fazendo um clima super gostoso! Ah! Fiquei tão feliz com o gesto! Vinho, massa e jantar a luz de velas pra mim?! Como não amar?!
 

Comemos trocando carinhos, entrelaçando as mãos extras que não estavam segurando o talher. No fim ele me ajudou a terminar o meu prato, já que eu não com tanto quanto ele. Barriga cheia, como sempre deitamos juntinhos pra fazer o quilo, eu me encaixo no peito dele e fico lá até a hora dele sair, conversando, rindo, escutando as batidas do coração dele, ganhando bitocas e beijos na testa. E meu coraçãozinho cada vez menor porque a hora de trabalhar se aproximava. Celular dele despertou, hora de trocar de roupa, tirar a capa da moto, preparar a mochila. Eu meio chorosa ainda fiz um comentário... "a gente podia fazer aquela máquina do filme Querida encolhi as crianças, daí você me levaria com você dentro da sua mochila". Ele colocou seu combo de 2 blusas de frio, calçou o tênis, jaqueta, botou a mochila nas costas e me pediu o ultimo abraço antes da minha solidão da noite a frente. Eu levantei, agarrei ele dizendo que não ia soltar. Daí saem as palavras: "Posso te contar uma coisa?" ... Eu: "O que?" ... Ele: "Pedi folga hoje, só pra ficar com você" ... Eu: "O que?" ... Ele: "Tô de folga!

É pra querer matar, né?! Mas eu entendi a intenção dele. Se eu soubesse desde o começo que ele tinha o dia livre talvez eu tivesse me distraído com o computador, ou com qualquer outros planos. Agora ficar nessa iminência de "daqui a pouco ele sai, aproveita enquanto ele tá em casa" fez o dia ser muito mais gostoso e intenso. Passei a tarde/noite agarrada nele, aproveitando o máximo pra me recarregar das minhas necessidades pra enfrentar a noite fria e solitária que eu tinha a frente. Pelo menos esse sábado eu tive a satisfação de passar a noite inteira no abraço dele. Foi isso, abraço, beijo, musica romântica ao fundo, conversa a luz de velas. Não teve filme, não teve jogo, não teve série. Foi sobre a gente, o nosso amor, a nossa química.

Será que eu gostei?! *___* Gente, façam programas assim! Não tem nada melhor nesse mundo que se desfazer um pouco das distrações (computador, celular, o mundo afora) e curtir de verdade a companhia de quem está do seu lado!


Abraços pra vocês... Volto quinta-feira com a pesagem do #ProjetoDedaEmForma!







Comente com o FACEBOOK!

segunda-feira, 27 de julho de 2015

#Desafio60Dias - COMEÇOU! Pesagem inicial e sujestão de videoaula!

Oi gente, como estamos? Aqui tá tudo bem! Aqui já são 3h da manhã, então vale como segunda, né?!

Sabe que eu tava bem ansiosa pra iniciar esse desafio! Até porque depois do primeiro (que no fim eu acabei fazendo sozinha) eu me senti muito bem, e vi resultados aparecendo. Quem acompanha sabe que eu fiquei estacionando bastante em peso, semanas e semanas sem perder NADA. E esses ultimo 2 meses, por mais que eu não tenha perdido tanto, a diferença é grande e eu sempre tive pelo menos algumas gramas a menos na pesagem, nenhuma com aumento de peso. Fora a disposição, intestino funcionando melhor, aumentei o consumo de água - porque dá sede durante a AF, sentindo o corpo mais firme, entre tantas outras coisas boas que tem vindo disso.

Comecei no dia 30 de maio pesando 83,1 kg
Encerrando hoje dia 27 de julho com 80,1 kg 

Ou seja - 3kg! Não é uma super perda pra 2 meses, mas é algo que eu sei que perdi de forma saudável, sem me privar de nada. Com cerveja, vinho, hambúrguer, churrasco, macarronada, sorvete, tudo incluso! Fora a alimentação saudável também, que é a base para que o emagrecimento aconteça. Mas me permiti ser "gente" pelo menos 1x por semana.

Então vamos dar início com a participação de vocês! Hoje é o meu dia 60 e também dia 01, já que quis começar na segunda pra tudo correr mais fácil. Falar em segunda, os resumos das atividades físicas devem ser postados a partir da próxima. Não se esqueçam! 30 min todos os dias! A intensidade da atividade física fica a critério de vocês. Para os que não tem costume de malhar nos fins de semana, eu sugiro um alongamento, um ioga, uma caminhada leve no parque... Mas tirar esses 30 min pra cuidar de si diariamente é fundamental! Gradualmente vocês aumentam a intensidade!

Estou contando com vocês pra postarem pelo menos o peso inicial de hoje. Metas, fotos, medidas fica a critério de vocês! Eu gosto de ter controle! :)

#Desafio60Dias!


Já tem uma aba nova no blog sobre o desafio, onde vai ficar registrado tudo! Cada semana completada vou botando uma estrelinha no nome como sinal de missão cumprida! Quero ver 8 estrelinhas brilhantes no nome de vocês!

Ainda dá tempo, se exercite hoje e se inscreva. E vamos vencer a preguiça e sedentarismo do dia a dia...

Meus registros:

PESO INICIAL: 80,1 kg
META COM O DESAFIO: 75kg (será?!)
FOTO PARA O ANTES E DEPOIS (opcional)
 
Vendo essa foto eu vejo o quanto eu já melhorei, e o quanto eu preciso melhorar. A cintura tá bem mais fina, e por mais que não pareça, os braços afinaram também. Vejo que o excesso de pele já tá "caindo" sob o cotovelo. Não é a coisa mais bonita de se ver agora, pois eu sei que vou ter que fazer cirurgias pra retirada do excesso de pele, mas ver esses excessos aparecendo é sinal de que meu esforço tem dado resultados. Paciência é a chave nesse processo. Primeiro reduzir medidas, ficar saudável, depois a gente pensa no "estético". Tenho tomado colágeno pra ajudar na firmeza da pele, espero que ajude!


Quem tá participando?!
Até agora são esses guerreiros abaixo! O pessoal que tem blog, estão listados na lateral nos blogs que eu sigo! ===>

- Deda (eu!)
- Jeska
- Ellen
- Tia Neli
- Jenni (Blog Jenni Gama)
- Ana Isabel (13 gramas)
- Lu (Nossa Medida Certa)
- Thales (Nunca Desista)
- Tiago (Procurando Ritmo)
- Ana Carioca (Chegando nos 60)
- Giza (Cozinha de Verdade)
- Jane (Eu sou capaz de emagrecer)
- Luciclélia
- Nice
- Graah
- Cíntia (Trocando Miúdos)

#Sugestão de Videoaula !

Não é segredo pra ninguém que a minha musa inspiradora é a Jillian Michaels. A personal trainer do The Biggest Loser. Ela tem várias séries de videoaulas, e uma que eu gostei bastante de fazer foi o 30days Shered. São 3 videos pra fazer por 10 dias cada um (você sobe de nível). Eu sempre fiz na sequência pra não ficar repetitivo - do contra - cada dia 1, trabalhando diferentes áreas do corpo. Vou deixar o Link dos 3 vídeos. São 20 min cada aula (ou seja, leve e possível), pra finalizar vocês podem fazer uma caminhada no lugar por 10min antes ou depois da atividade física (recomendo antes, porque esse vídeo é leve, mas cansa!) Como peso eu usei garrafinhas d'água já que eu não tenho halteres. Mas realmente não é necessário, ainda mais pra quem está começando.

Mesmo que você não tenha conhecimento de Inglês é só seguir o que elas tão fazendo. A mocinha da direita faz todos os exercícios em uma versão simplificada. Então fiquem de olho nela se vocês tiverem dificuldade em algum exercício. 

LV1


LV2

LV3


Eu vou tentar trazer pra cada dia um vídeo diferente. Esses aí já cobrem os primeiros 3 dias, então na próxima postagem eu trago mais sugestões. Pros fins de semana eu vou ser legal e vou trazer videoaulas de alongamento e ioga pra quem quiser fazer algo mais leve. :)


=> O que seria correr no lugar?!

Caminhar/correr no mesmo lugar elevando o joelho ao peito, com o abdome contraído. Essa atividade além de elevar o batimento e queimar bastante, trabalha pernas e abdome, nada como queimar gordura da barriga, certo?! Fazer 2 séries de 5 min alternando com polichinelo e "pular corda" é uma boa. Quanto mais alto o joelho melhor!


Pra quem mora em apartamento é só colocar um tapete em baixo dos pés pra aliviar um pouco do impacto (é o que eu faço aqui!) Se você não tem colchonete para malhar não tem problema, use uma almofada/travesseiro mais fino como apoio para os joelhos.

Espero que tenham gostado das dicas! Agora não tem mais desculpas, né?!

Vamo malhar minha gente!


PS: Também estou no desafio do Thales, a OLIMPÍADA DO PESO. É de um mês. Ganha medalha de acordo com a perda... Quero ver se eu ganho pelo menos uma prata! Me desejem sorte!






Comente com o FACEBOOK!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Desafio dos 60 dias! COMEÇANDO DE NOVO!

Oi gente, como estamos?! Aqui tá tudo bem. 

Tô tentando fazer uma semana mais bonita! Fiz compras, to cheia de opções mais saudáveis pra comer! Tudo parece ficar melhor quando a geladeira tá cheia! Até bolo integral de cenoura eu fiz!

Quanto a postagem passada, eu não fico remoendo isso não, eu tento não pensar sabe. Eu nunca fiz nada pra prejudicar ninguém, nunca liguei, nunca xinguei. Eu fico quieta aqui na minha. Não desejo mal a ninguém, só quero fora da minha vida. Só me vem a tona quando eu tenho bons momentos e queria dividir com a minha família. E é quando eu lembro que eu não tenho uma, bem, tenho, mas é como se não tivesse. E isso me faz eu me sentir mal pra caramba. Não porque desejo mal a ninguém, mas porque eu queria que a realidade fosse outra. Mas levando em conta os meus mais de 20 anos em meio a essa loucura, eu sei que o melhor pra mim e pra minha saúde mental é estar o mais longe possível. Pessoas de valores invertidos não são boas companhias, independente de ser "sangue" ou não.

A intenção de compartilhar é porque eu sei o quanto a gente as vezes esquece de si e vive pelos olhos dos outros. Achamos que não merecemos ser felizes. Muita gente martela isso na nossa cabeça todo dia: "Feia, gorda, preguiçosa, ninguém vai querer alguém como você, nojenta, descuidada, sem vaidade, largada"... mas só porque dizem não quer dizer que seja a nossa realidade. Cada um tem um estilo, um gosto, uma história, e nem por isso merece mais ou menos ser feliz. Tem gente que tem os valores certos, que enxergam pessoas pelo que elas são, e não sendo só um "corpo", mas pela personalidade, caráter. Essas pessoas servem pra ser chamadas de amor. Essas servem pra ser chamadas de amigos. Você não tem que se "encaixar no padrão". A vida é tão louca e intensa que não tem padrão. Beleza murcha com a idade, os gostos são diferentes... um gosta de gordinha, outro gosta só de loira, outra gosta de homem de peito cabeludo, eu amo barba! Entende?! Não tem padrão!

Aprenda a se amar e aceitar como você é e assim a vida segue. Muitas vezes a gente não é feliz porque não se permite. Esse foi o meu convite. Olhar ao redor o que te pões pra baixo e se afastar, só tenha pessoas que te complementam, te botam pra cima! Olhar pra frente, e não pra traz. Sangue não significa amor. Família são as pessoas que te amam e estão dos seu lado sempre. As vezes amigos são mais família do que qualquer coisa. Temos que parar com essa fé cega que DNA faz alguma diferença. Porque não faz. Caráter é o que prevalece. Algumas pessoas tem, outras não, se são geneticamente ligados a você, que bom.


Falando em olhar pra frente... todos sabem que eu tenho feito um Desafio de 60 dias de atividade física sem parar... comecei com 20min... hoje em dia já faço 1h todos os dias. E foi algo que me ajudou tanto que eu vou recomeçar de novo! E to aqui convidando a quem quiser pra fazer junto comigo.

#Desafio60Dias !

O que é?! 

=> Atividade física todos os dias por pelo menos 30 min.
=> Ioga, Pilates, Alongamento, Corrida, Caminhada, Dança, Aeróbico, Pular Corda, Musculação, entre tantas possibilidades. A intensidade é de acordo com o seu limite. Não tem fim de semana livre, mas você pode optar por algo mais leve se quiser nos sábados e domingos como um alongamento ou caminhada no parque de baixa intensidade.
=> A intenção é criar o hábito diário de se movimentar. Não pular os dias significa deixar a preguiça de lado, superar a falta de vontade, firmar um compromisso consigo mesmo/a.
 => O objetivo é se superar e se dar o direito de uma premiação leve no fim do desafio, como aquela ida no salão pra dar um tapa no visual, pegar aquele cineminha, aquela roupa da promoção que você acha que não devia. O esforço merece recompensa, então se dê uma desculpa de se presentear! Eu provavelmente vou me dar um casaco novo, o outono tá já batendo na porta e eu só tenho um bege, preciso de um preto!

Como participar?!

=> Colocar a TAG no seu blog/página


=> Fazer uma tabela com Data/Atividade Física/Tempo (alguma coisa como essa de baixo) e postar na segunda-feira!


 => Não deixar de fazer. Firmar o compromisso consigo mesmo de que você quer e consegue se manter na linha. Mesmo dentro de casa, no seu apartamento, se ajoelhar e fazer uns apoios, uma série de abdominal, avanços, ou até mesmo um shadow boxing não vai fazer barulho pro seu vizinho de baixo. Ande no lugar levando o joelho até o peito, mas se comprometa a todo dia tentar fazer essas meia horinha dedicadas a você e a sua saúde. Tem aulas incríveis no youtube, a rua é livre e ta aí pra você dar umas voltas na quadra de casa. Não importa a opção que você escolha, o importante é que você não minta pra si mesmo sobre o seu esforço e tente aos poucos superar seus limites.

Agora é contigo... Se topar, deixa aqui o seu nome pra eu checar a postagem toda segunda :) Eu vou estar postando vídeos sugerindo atividades, coisas que eu achei legal nesse mundo youtube ou até meus fazendo meus jogos do xbox. Já tenho 3 participantes confirmadas, inclusive a MINHA TIA AVÓ que mora no Rio, isso mesmo... TIA AVÓ. Se ela tá com pique de se dedicar todo dia, não são vocês que vão fugir do desafio, não é mesmo?!

JÁ TEM UMA JANELA NOVA NO BLOG DEDICADA AO DESAFIO!
http://seraqueeuemagreco.blogspot.co.uk/p/desafio-60-dias.html
é só clicar lá em cima! :)

Vamo que vamo minha gente!
Dia 27 eu volto com a primeira sugestão de vídeo para começar!
Dia 30 tem pesagem!

Até a próxima!








Comente com o FACEBOOK!

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Prioridades: Em que lugar eu estou na hierarquia da minha vida?!

Oi gente, tudo bem?! Por aqui tá indo, apesar de tudo.

Hoje a história é longa... mas quero dividir com vocês porque muitas vezes não enxergamos algumas situações prejudiciais.

Comentei com vocês na postagem passada sobre a onda de pesadelos que estou tento. Eu fico revivendo coisas ruins do meu passado e acabo acordando. Ou chorando, ou assustada, chateada. Isso mexe bastante comigo. Confesso que já foi muito mais presente, a vida com o maridão tem cada dia espanta as memórias ruins e cria memórias boas. O que acontece que sempre que a gente tem uma vitória, a cabeça da gente quer celebrar, dividir as conquistas com as pessoas que você supostamente ama. 

Pra quem tá aqui a mais tempo, sabe que eu não tenho contato com ninguém do Brasil, com exceção do meu pai, e as vezes através dele falo com a minha sobrinha, de resto, estão excluídos da minha vida. E nesses momentos acaba me vindo a lembrança, a frustração que apesar de todos estarem vivos e bem, decidiram me virar as costas. 

Eis a razão da minha postagem de hoje. Eu sempre fui aquela pessoa que colocou família em primeiro lugar. Acima de mim mesma. Essa foi a minha criação. Levar em conta o bem comum por mais que as pessoas estivessem erradas, pra viver bem dentro do núcleo familiar. Sempre fui a pessoa que ajudou, deu tripas coração pra ajudar qualquer um dos membros. Fui babá de todos os meus primos mais novos, fui motorista de vó, busquei menino em escola, levei  até as primas mais velhas em médico, essas coisas quando necessário. Digitei cargas de mais de 300 processos em fins de semana cada vez que minha mãe ficava sem estagiária no trabalho para que ela descansasse. Fiquei sem sair inúmeras vezes pra não deixar minha sobrinha sozinha, emprestei meu carro, etc. Entre todos esses anos de dedicação o que eu ganhei de volta foi humilhação diária: "Puta, lésbica, Drogada". Tudo porque eu nunca tive preconceito e sempre gostei de Rock'n Roll. Fora o "gorda preguiçosa", brigas por conta de uma garrafa d'água, ter meus amigos expulsos da minha casa no dia do meu aniversário no meio da festa, entre outras coisas que eu não gosto nem de lembrar.

Desde os meus 13 anos essa tem sido a minha realidade. Pedi ajuda para TODA a família, avó, tios, primos, e sempre me mandaram calar a boca, que eu não sabia de nada da vida. Assim de uma excelente aluna, inclusive com premiações em redação, notas boas, eu virei a gorda deprimida dentro do quarto. Eu cresci aprendendo que a minha dor era menor do que todo resto. Que eu não tinha importância desde que todo o resto "aparentemente" estava correndo bem. Aquela imagem feliz de família feliz e perfeita fosse mantida.

Demorou muitos anos, mas eu depois descobri que a culpa era minha. Porque eu deixei passar. Eu deveria ter saído desse meio MUITO MAIS CEDO. Eu fui inocente em pensar que família obrigatóriamente é pra se amar e se proteger. Mas quando chegou a minha vez de ser amada e protegida, eu, que me deixei ser o saco de pancada no meio disso, simplesmente fui ignorada. Expulsa de casa. Lugar que supostamente deveria ser o meu lar, meu porto seguro. Um bebado chegou na minha casa, veio me agredir físicamente, foi impedido - não nego - mas me chingou e me humilhou pra todo o bairro ouvir as 3h da manhã. O pior dia da minha vida. E pra minha família mais uma vez eu deveria fingir que nada aconteceu. Eu deveria viver sob o mesmo teto com essa pessoa. Como eu me neguei, eu fui expulsa de casa. Só pra dizer, eu não causei a briga. Ele veio pra cima de mim.

Enfim, tô dividindo essa história com vocês, porque muitas vezes a gente vive pelos olhos dos outros. De pessoas tóxicas que não gostam de nada além de humilhar e prejudicar. E como consequência a gente acaba acreditando que isso é verdade. A gente se tranca, a gente se isola, a gente desconta tudo na comida. Eu sempre pesei entre 55/60 kg. De repente eu me vi com 98kg trancada dentro de um quarto porque eu não queria mais uma humilhação diária. Tipo um ratinho que sai da toca pra roubar comida e volta correndo pra se esconder.  Perdi a vontade de estudar, de fazer qualquer coisa. Eu não tinha ânimo, propósito pra viver, nada. Eu acreditava que eu era um fracasso. Qual era o ponto de me esforçar se eu não era mais do que uma gorda preguiçosa que não servia pra nada. Porque todos os meus esforços e ajudas para minha família nunca teve valor ou agradecimento. Não era mais do que a obrigação da inútil aqui.

Ainda tenho muitos fantasmas e medos vindo dessa época. Afinal só realmente saí desse meio agora que mudei de país, e mesmo assim meu passado me persegue. Porque esse coração mole e idiota sente falta de ter com quem dividir as alegrias, quer mostrar que é capaz, e que tem valor.

Finalmente eu me coloquei em primeiro lugar, tomei as rédeas da minha vida. Afinal viver pelos olhos dos outros só me trouxe dor, decepção, insegurança. E se eu parar pra olhar, caramba eu sei fazer tanta coisa! Eu fiz tanta coisa! E eu sou alguém tão incrível que em meio a toda humilhação eu ainda fui capaz de continuar ajudando essas pessoas que me fizeram tão mal. Tanto que ainda me perseguem, ainda procuram por notícias, porque sabem que eu sempre tenho algo a oferecer.

É isso que as pessoas não querem que você veja. O quão incrível você é. Que apesar de todo dizer ao contrário, sabem que você é útil. Tentam tirar o máximo de vantagem da sua mente fraca. Fazendo você acreditar que tem que fazer por merecer seu lugar "entre os bons".

Esse tipo de relação não é só familiar. Isso acontece em grupos de amigos e ainda sim em relacionamentos "supostamente" amorosos. Não deixe isso acontecer. Isso é tortura psicológica. Saia de perto de gente assim. Você só você é protagonista da sua história. A sua vida é só sua e de mais ninguém. Você só tem essa chance de ser feliz. Não deixe ninguém dizer que você não tem esse direito, que você não merece uma chance. Qualquer pessoa que te diga que seus problemas não importam não merecem seu carinho e dedicação. 

Aos poucos estou aprendendo a me amar mais, e provar a mim mesma as minhas capacidades. Dei passos até um pouco mais largos que as minhas pernas. Me joguei numa situação que eu achei que seria boa e graças a Deus deu certo. Casei muito rápido, mas com uma pessoa que eu conheço a vida inteira. Que eu sabia do caráter, da vontade de ser feliz e de fazer feliz. Eu nem sei o que seria de mim sem meu marido. Ele me apoia tanto, me coloca sempre pra cima. Me ajuda superar meus limites, minhas inseguranças, e me faz sentir linda mesmo com meus quilos a mais. Se existe justiça divina, ele é a prova disso. Porque depois de tantos anos de humilhação e dor, hoje eu só tenho amor e suporte.

Sair daquele meio de gente louca era o que eu precisava, não só mudei de cidade, mas mudei de país. Coloquei um oceano no meio dos meus incômodos. Ando na rua sem medo de topar com alguém que eu não quero, como já aconteceu. Finalmente eu sou eu. O que eu consigo é mérito meu, não tem "influência", nem positiva nem negativa. É neutro.


E você?! Em que lugar você se coloca na hierarquia da sua vida?! Você está em primeiro lugar?! Pare pra pensar sobre o que é tóxico, o que te prejudica, o que aciona os gatilhos da sua ansiedade e coloque distância. As vezes mudar de emprego, mudar de cidade, mudar de romance, ou até mesmo se afastar da sua família (uma pessoa ou várias), seja o que você precisa pra se reencontrar e ser feliz. Não tenha medo! Viver uma vida de dor e humilhação não é pra ninguém. Outra coisa que também convido vocês a pensarem é sobre as coisas que vocês dizem  ou a maneira que agem com quem está próximo. Atitudes e palavras podem prejudicar e muito a vida de outras pessoas, inclusive ser "imparcial". Fingir que não está vendo te faz cúmplice. Pois você sabe que alguém está sendo ferido verbal ou fisicamente e deixa acontecer como se fosse nada.

É esse o meu recado. Desculpem o texto longo. Mas acho que botar isso pra fora é algo que pode me ajudar a superar os meus traumas. Fui ensinada que eu devia ter vergonha disso, dessa situação. Mas eu não tenho que ter vergonha, pois realmente aconteceu, faz parte da minha história Quem deveria ter vergonha são as pessoas que tanto me prejudicaram. Que me viraram as costas desde quando eu era uma criança. Demorei mas encontrei meu lugar. Se esse texto servir de alguma coisa pra alguém, já vai me dar uma satisfação imensa.  


#Uma Música!



Até a próxima. 
Abraços!





Comente com o FACEBOOK!

segunda-feira, 20 de julho de 2015

#ProjetoDedaEmForma - Pesagem do dia 20! Trabalho e Brazilica

Oi gente, como estamos?! Por aqui tá tudo indo bem!

Eu estou tão feliz que eu tive o meu primeiro dia de trabalho! Tá que eu não tem a mínima idéia de quando é o próximo, mas só de começar é uma vitória imensa! Eu queria conseguir pegar pelo menos 2x por semana, 3 seria melhor ainda... torcer para que isso aconteça! Meu primeiro turno foi na pista de corrida de cavalos de Chester, trabalhei em um food truck de pizza. Não pude fotografar lá, mas tirei uma foto no fim do turno!

 Eu de uniforme, arrumando pra sair...
 Fim do meu primeiro turno, do lado da pista de corridas!

Essa empresa é daquelas que fornece pessoal pra trabalhar em eventos, pra todos os tipos de trabalho, limpeza, vendas, garçons, bar, portaria, segurança... Eu até agora fiz treinamento só na parte de ser garçonete, mas quero ver se eu consigo fazer outros, principalmente na área de bar, fazer uns drinks e tudo mais. Se todos os turnos forem como esse primeiro que eu fiz eu to no paraíso. Fiquei no caixa recebendo os pedidos das pizzas, simples assim!

O mais legal que foi mais um 18 pra minha história. Fiquei com meu marido no dia 18, me mudei pra Liverpool dia 18, me casei no dia 18 e agora comecei a trabalhar dia 18! Esse é meu dia do mês com certeza! 

E pra celebrar o primeiro dia de trabalho, me encontrei com a minha amiga brasileira e o marido dela pra ir pra "BRAZILICA", que é o carnaval brasileiro em Liverpool, com mulatas e não tão mulatas assim, música, como no carnaval brasileiro. Vou falar, eu nunca fui muito de carnaval, mas tanto tempo fora do Brasil faz você ficar extremamente sensível a essa coisas. Sambei por 2h atrás dos blocos, na companhia de outros vários brasileiros e ingleses que foram pra rua prestigiar o evento. (É só clicar nas fotos em miniatura que elas aumentam). Tinha magrinha, gordinha, criança e idoso... Todo mundo caindo no samba (ou ao menos tentando) em diferentes blocos.

 
 

Agora indo ao que interessa...


#ProjetoDedaEmForma !


PESO: 80.5 kg (-300g)
ÍNDICE DE MASSA CORPORAL: 35,7 (-0,2) Obesidade II
PORCENTAGEM DE GORDURA CORPORAL: 54,1% (-1%)



Ainda não consegui manter o ritmo de 300 kcal por dia (que dei início no dia 13), por conta de correr atrás das coisas pra começar a trabalhar, mas a partir de agora o negócio ficou sério! Nos pré dias de trabalho não dormi direito ansiosa, tava cansada e acabei deixando cair a bola. Mas pelo menos mantive atividade física todos os dias! É o que importa. Ontem foi descansar do exagero de sábado pois saí de casa as 9h da manhã e só voltei as 11 da noite depois da Brazilica... em pé o dia inteiro e ainda fui atrás do bloco! Nem sei quantas calorias queimei no sábado, acho que foram bem mais, mas coloquei 300 que é o mínimo.



Bom é isso, essa foi uma semana de mudanças. Ainda um pouco complicada, cheia de novidades, cheia de medos, até pesadelos me trazendo noites mal dormidas. Mas por mais turbulenta foi mais uma boa semana com resultado positivo apesar de tudo. Ainda não foi dessa vez que eu deixei os 80 pra trás, mas estou um pouquinho mais perto a cada dia. Boa sorte pra mim! Boa sorte pra nós! Que venham mais 10 dias!

Abraços, e até a próxima!





Comente com o FACEBOOK!

sexta-feira, 17 de julho de 2015

No meio do caminho - Reformulando metas.

Oi gente, como estamos?! Aqui tá tudo indo, eu acho!

O meu início de semana é sempre complicado, por conta da folga do maridão. Eu como coisa pesada demais! Nem em caloria é o problema, porque a compensação rola solta, mas são alimentos mais gordurosos, que deixam a gente inchadinha. Eu não me privo. Acho que de vez em quando tem que rolar uma coisa mais saborosa até pra gente dar conta de se manter na dieta. Mas eu tenho que dar um jeito de compensar mais ainda esses dias do "lixo".

A solução que eu encontrei foi aumentar meu gasto calórico. Tenho gastado em média 250 kcal/dia com atividade física, mas se eu quiser melhores resultados tem que ter uma mudança. Agora meu mínimo é 300. Minha resistência física está cada dia melhor devido ao desafio de 60 dias, que tem me feito malhar sem folga. Então eu sei que dá pra puxar mais um pouquinho sem prejudicar o meu corpo. Lembro que comecei com meia hora diariamente... logo tava fazendo 40min... agora tenho feito o mínimo de 60min. Aos poucos a gente pode se cobrar um pouco mais. Superar limites. Eu sei que dependendo da atividade física, com mais 20 min eu posso queimar  mais de 300 kcal tranquilamente. Até hoje queimei 360 em 1h06 min... tudo depende do que e a intensidade!

Quanto a alimentação, por mais que seja mais gorda e mais calórica eu ainda tomo os meus cuidados. Essa semana eu repeti o hambúrguer que eu fiz no dia dos namorados, lembram?! Recheado com pimentão e cebola.  Apesar do bacon, eu fiz ele com carne 12% de gordura (magra), o recheio como vocês sabem é verdurinha, e o queijo eu escolhi o EDAM, que é em média 61 kcal por fatia, considerado baixa pra queijo. Até pra fazer gordice eu faço consciente. Maridão foi de cheddar amarelíssimo! Gordura pura. Meu sanduíche ficou por volta de 620 kcal. Até que não foi tão ruim considerando que nas minhas 1300 diárias, eu sempre deixo 400 pra almoço e janta e o resto dividido em lanches e café da manhã.

Outra coisa é que não funciona pra mim o negócio do cardápio da semana. Eu e o Renan somos de lua. Come o que dá na telha. Não tem como programar. Até porque as vezes ele trabalha mais cedo, as vezes mais tarde, não tem regularidade. Então as vezes é comida rápida, as vezes eu tenho mais tempo pra cozinhar. Fiz compra pra fazer uma Kafta, frango com pimentão, e risoto apimentado de camarão com pimentão. No fim a carne da kafta e o pimentão pro frango e risoto viraram hambúrguer. Pra mim o que funciona é organizar a alimentação do dia.

Levando em conta que eu conheço bem o ritmo da minha casa dá pra eu saber como me comportar. Por exemplo: De quinta a domingo o Renan trabalha, então ele faz comigo só uma refeição. Dá pra eu me programar bem nesses dias tomar um café mais reforçado, jantar mais leve já que ele não tá em casa. Já de Segunda a Quarta ele tá de folga, ou seja, faz todas as refeições em casa. Então levando em conta que vem bomba em uma das refeições (porque tem o dia inteiro pra cozinhar, comprar ingredientes, etc) eu já como fruta de café da manhã, se a bomba for na janta, almoço um wrap ou um omelete pra não pesar muito e vice versa. Vale lembrar que nem sempre todas as refeições que eu faço com ele são gordurosas como o hambúrguer, mas são com certeza alimentações substanciais (sempre por volta de 600 kcal). Quando ele tá de folga vem carne assada, vem arroz e feijão, uma macarronada mais elaborada, etc. Como a gente come essas coisas 1x por semana, acaba que passa um pouquinho da conta na quantidade quando faz essas delícias. Bebida alcoólica anda sendo 1x por mês e olhe lá.

Só pra constar, esse marido também caminha comigo pra incentivar na perda de peso... não é vilão na minha história não! kkkk Ele é bonzinho até demais!

Eu e ele caminhando na praia! <3


1. Cardápio do Dia. Consumo calórico entre 1200/1300 kcal, 2L de água e outros líquidos. Pelo menos 1 fruta por dia. (Não mais cardápio da semana)

2. Desafio da Calça. Ainda está de pé. Entrar na minha calça sem lycra até o fim do ano. Ultima vez entrei nela aos 73 kg.

3. Desafio de 60 dias. Faltam 10 dias pra acabar meu desafio, e vou recomeça-lo. Dessa vez com premiação a cada vez que eu concluir o desafio. Meta Mínima para os próximos 30 dias é de 300 kcal para queima diária. para o segundo mês 400 kcal.

4. Fim de Ano nos 68 kg. Essa pra mim é a meta principal. Meu menor peso com dieta aqui no blog foi 69 kg. Quero deixar esse fantasma pra trás. Quero finalizar o ano, mesmo com as comilanças de natal com 68kg.  Tenho 13kg pra perder até dezembro... boa sorte pra mim!

5. Participar de uma corrida de 5km. Com salário na mão, agora vai ser possível me inscrever em uma prova! Quero ter esse prazer de participar!


#Incentivo!

Parece que essa semana eu finalmente começo a trabalhar. Espero trazer novidades boas com um peso menor e dinheiro no bolso! Me desejem sorte! Até dia 20! Abraços!







Comente com o FACEBOOK!

terça-feira, 14 de julho de 2015

My Mad Fat Diary - Dica de série!

Oi gente, como estamos!?
Eu to bem, ando bem reflexiva... cheia de planos como vocês viram...

Eu assisti um seriado o qual eu gostei muito. Vocês conhecem "MY MAD FAT DIARY" (Meu doido e gordo diário") ? É uma série que comecei assistir exatamente pelo nome e promo, pelo fato de se tratar de obesidade. Fiquei muito surpresa, tocada com tudo que vi. Fora que é britânico. O sotaque do povo da série é bem parecido com o de onde eu moro. Preciso acostumar meus ouvidos pra esse tipo de inglês!

São somente 3 temporadas, de 6 episódios a primeira, 7 episódios a segunda e somente 3 na ultima. Bem curta, mas cheia de conteúdo.

O que me tocou mais é que muitas vezes a gente vê a Rea fazendo coisas estúpidas, influenciada por estereótipos e medos, e a gente fica morrendo de raiva! E daí percebe o quanto fazemos o mesmo conosco diariamente e não percebemos que tudo não passa de uma bobeira imensa. Não importa o peso, não importa a situação, a gente tem conquistas e pode ser feliz como qualquer outra pessoa! E quando temos isso em mãos, jogamos fora pelo simples fato de não aceitarmos que temos esse direito! Por conta de excesso de peso?! Sério!?

O que me conquistou na série que todos, magros, gordos, tem a vida conturbada, tem seus maus momentos mostrando o quanto isso só faz parte de estar vivo. Não é exclusivamente felicidade pra magro e sofrimento pra gordo. E mais ainda, faz perceber que muitas vezes somos nós mesmos que causamos a nossa miséria. Eu aprendi muito vendo a Rachel (Rea) se colocando nas diversas situações, me identifiquei horrores com ela. Até pensei se como seria se eu tivesse um diário em que eu me expressaria sobre tudo sem filtro nenhum! Fora quantas vezes eu quis dar umas porradas nela e nos amigos dela por fazerem besteiras sem fim! Enfim... não vou falar muito! Vale a pena ver!


SINOPSE:

Situada em em Stamford, Lincolnshire na década de 90, a série acompanha a vida da adolescente Rae Earl (Rachel 'Rae' Earl) que tem 16 anos e que acaba de sair de um hospital psiquiátrico a onde ela passou quatro meses. Ela reencontra sua ex melhor amiga Chloe que desconhece os sérios problemas de saúde mental e imagem corporal da amiga, acreditando que ela estava na França nos últimos quatro meses. Rae tenta manter esta informação e ao mesmo tempo, tenta impressionar os amigos de Chloe:  Izzy, Archie, Chop e Finn. Ela se esforça para esconder seus problemas e tem dificuldade para se encaixar na nova turma. Entre sessões de terapia e contato com seus amigos do hospital e a sua turma no "mundo real" Rae tenta se equilibrar e descobrir mais sobre si mesma.

MINHA OPINIÃO:

No primeiro episódio eu não gostei muito, achei que seria aquelas séries do estilo "pervertida" já que a Rae só pensa "naquilo". Mas daí a gente lembra que aos 16 realmente a vida é curiosa nesses termos. Mas aos poucos eu fui percebendo que tem muito mais nela do que esse "fogo". Tem a questão de se aceitar, da auto-imagem que ela tem sobre si, da influência das outras pessoas nas reações dela, inclusive os motivos que a levam comer tanto. O quanto pode ser difícil e solitário as vezes. As conversas com o terapeuta, as mentiras, os desvios... Eu me vi em cada situação que ela passou. E a cada episódio aprendi a gostar mais e perceber mais sobre como eu também me coloco em situações que não precisava... Eu recomendo pra assistir com mente aberta, e passar do terceiro episódio, que aí a coisa fica mais interessante!

PRA QUEM QUISER ASSISTIR

http://megafilmeshd.net/series/my-mad-fat-diary.html - Serie Legendada, não tem dublada.


#Outros! 

Esses tempos eu tenho assistido muitos filmes pra me manter ocupada! Eu vejo que muita gente deixa sugestões dos livros e filmes que assistem, vou deixar as minhas também. Tenho assistido muitos filmes com sotaque britânico por conta de estar morando aqui. Preciso acostumar meus ouvidos.

1. Bridget Jones's Diary 1 e 2 (O Diário de Bridget Jones)


Os britânicos gostam de diários, né?! kkkk Eu sei que são filmes antigos, mas esses são outros que me ajudaram bastante em refletir sobre mim mesma e relacionamentos. Uma parte que eu nunca vou me esquecer, no segundo filme, (spoilerrrr!) a Bridget tá presa por conta de um mal entendido e fica junto de outras mulheres. Daí ela chorosa reclama do seu relacionamento amoroso, o quanto achava o namorado ruim, etc. As outras detentas se solidarizam e se "identificam" com ela e desabafam, falam as razões de estarem presas, que os maridos batiam, a forçavam fazer coisas ruins, etc. É quando a Bridget realiza o quanto ela tem focado nas coisas erradas e sem importância do seu relacionamento. Que tinha um homem maravilhoso do lado e estava prestes a perdê-lo.
 
Foi um tapa na minha cara. Lembro que assisti logo que tinha me mudado pra cá pra morar junto com meu marido. Aquela fase de adaptação que a gente fica defensiva, querendo marcar território, com medo de ser "podada". Qualquer besteira era motivo de brigas. Perceber o quanto o outro faz pela gente e deixar certos detalhes bobos passarem tipo "qual letra vai ser escrito o nosso nome no papel da campainha" - acreditem, até por isso eu briguei com o Renan - são extremamente insignificantes perto de todo o bem que ele fez na minha vida. Meu marido não bebe, não fuma, trabalha, me olha com o maior olhar de ternura, me enche de beijo, abraço, deixou o cabelo e a barba crescer porque sabe que eu gosto... E eu preocupada com a letrinha minúscula do papelzinho que vai na campainha?! Tem comida, água, conforto e amor de sobra aqui. O resto é detalhe!


2. Miss Potter

Esse eu assisti por conta da minha viagem pro Lake District. É sobre uma autora daqui que fez muito sucesso com Literatura infantil, que eu lembro de ter assistido animações da suas obras na TV CULTURA quando criança.  Ou seja, baseado em uma história real.

Beatrix Potter foi uma mulher forte, que não se deixou abalar pelos costumes da época em que nasceu. Solteira aos 30, recusando todas as propostas de casamentos arranjados, ela gostava bastante de escrever e pintar, se inspirando nos animais que via nos jardins de sua casa e principalmente nas suas viagens para a região dos lagos. Sem desistir, conseguiu publicar seu primeiro livro se tornando um grande sucesso. Se tornou uma das mulheres mais bem sucedidas da Inglaterra, e devolveu grande parte do dinheiro para o povo evitando o "progresso da cidade grande" fazendo do Lake District uma reserva natural (National Trust), local onde ela decidiu viver até o fim da vida.  

Eu adoro histórias de mulheres fortes, que seguem seus sonhos, acreditam em amor e determinação. Com certeza foi uma inspiração pra todas nós. Um símbolo de perseverança e solidariedade.

3. Rush

Esse eu assisti com o maridão, que sabe que eu gosto bastante de corrida. Cresci assistindo formula 1 com o meu pai todo domingo, e acabei pegando a paixão dele por carros e velocidade. 

A história é sobre a rivalidade e amizade da vida real entre Niki Lauda e James Hunt, os dois pilotos que davam o que falar na década de 70. Niki Lauda é um austríaco sério, determinado, estudioso e metódico, tendo claramente um único objetivo: ter sucesso. Já James Hunt era um playboy britânico apaixonado pelo risco de correr, a sensação que o fazia se sentir vivo. Os dois se encontram pela primeira vez em uma corrida de formula 3, sendo totalmente opostos já que Niki só queria saber de trabalhar pra chegar aos seus objetivos e Hunt vive cada dia como se fosse o último rodeado de bebida e mulheres. Ódio e rivalidade a primeira vista ambos abrem a força seus caminhos para a Fórmula 1 onde disputam o campeonato mundial. Mas a rivalidade entre eles também foi o que fez cada um tirar um pouco mais de si para chegar onde queriam.

Eu fiquei tocada com a história de superação do Niki Lauda, ainda hoje trabalhando nos campeonatos de formula 1 como comentarista. É incrível o quanto um puxa o outro com provocações e apoio. Realmente é uma história de vida que mereceu ser contada. O quanto o sonho e a força de vontade te ajudam a chegar em qualquer lugar. Só é bem sucedido quem está disposto a correr os riscos. 


#Mudando de Assunto!
Espero que vocês tenham gostado. Estou tentando não falar só de dieta. Não ser tão obsessiva quanto a isso. Mudar o foco, nos inspirar em outras coisas e outras situações também nos ensinam muito. Afinal a nossa vida é muito mais do que a nossa forma física. Ela é cheia de aventuras e superações que nos faz um todo. 

Até a próxima. Obrigada pelo carinho e apoio sempre! Se vocês conhecem os filmes, ou tem alguma sugestão, eu adoraria que deixassem a opinião nos comentários!






Comente com o FACEBOOK!

sábado, 11 de julho de 2015

Tabela de medidas, metas, entre outras coisas!

Oi gente, como estamos?! Por aqui tá tudo bem... 

Ainda nessa iminência de trabalhar/não trabalhar... Esse povo ainda vai me dar gastrite. Você faz o treinamento e se cadastra no sistema deles, daí você responde as ofertas quando você está disponível. Respondi pra trabalhar nesse fim de semana, mas não me confirmaram... fiquei chateada. Ainda tô descobrindo como funciona. Espero não estar perdendo tempo. Mesmo assim ainda continuo mandando curriculo para outras ofertas de emprego. Se eu conseguir algo fixo, pra mim vai ser bem melhor. Esse fica de "step" até achar algo com regularidade.

Tô mais chateada pelo fato de eu ter ido fazer compras para o trabalho. O "uniforme" é calça social preta, camisa preta ou branca (depende do evento), gravata preta fina, sapatilha baixa, cabelo preso e brinco minusculo, quase invisivel. Maquiagem é o basico. Base, pó, rimel e batom cor de boca. Quem tem que estar bonito e vibrante é o cliente que está na festa, e não o "staff". 


Aqui é um pouco das coisas que eu comprei. Maioria preto e discreto pra poder usar no trabalho. A piranha de cabelo e as outras tiaras vão ficar pro meu dia a dia... Além disso comprei também uma base de unha, já que também não podemos usar esmalte colorido. A calça eu até gostei, apesar de eu ter ficado bem triste de ainda estar bem confortável no manequim 16 (equivale ao 44 do Brasil). Mas levando em conta que eu tava usando tudo com lycra porque nada entrava, estar num 16 não parece tão ruim. Sonho de consumo: manequim 12 (40 daqui). Comprei a gravata também. Ainda falta comprar as camisas, por ser as básicas pra qualquer trabalho por aqui, a loja que eu não fui não tinha mais só tamanhos menores e não exatamente o modelo que eu preciso (de algodão reta e lisa). Vou ter que procurar em outros lugares. 

Fiquei louca pra comprar a loja que tava cheia de coisa bonita, mas enquanto eu não tiver salário, nada de gasto extra pra mim. Eu já me permiti essas bobeirinhas por conta de malhar 30 dias sem parar. Agora mimo só depois de completar 60! E vai ser coisa pouca assim. Preciso de salário, pra depois pensar em gastos. Não sei se comentei mas aqui é fácil encontrar até o tamanho 20 (50 do Brasil) em lojas de departamento. Por conta do inverno rigoroso, o pessoal aqui tem a tendência de ser mais redondinho. Não sofro pra comprar roupas, sofro pra me sentir bonita dentro delas. Odeio provador... Odeio espelho de provador com aquela lente de aumento!

Falando em roupa, tava pensando seriamente sobre minhas metas e objetivos, que eu preciso dar um jeito de melhorar por aqui. 1kg por mês é positivo, mas eu sei que eu posso fazer bem mais do que isso. É parar de me deixar levar pelo exagero. Não é que eu não possa comer, eu tenho que comer nas quantidades certas. Voltar a pesar a comida antes de cozinhar, essas coisas. Um detalhe simples que muda tudo!


Pensando nisso vou me estipular novas metas para esse fim de ano. Afinal ainda dá tempo!

1. Elaborar um cardápio para semana. Tendo tudo programado, medido e a mão para o preparo. Amanhã estou indo as compras...

2. Desafio da Calça. Tenho uma calça jeans do Brasil, tamanho 44 sem lycra (que pra mim tá mais é pra 42), que veio na minha mala junto comigo na minha ilusão que eu ia casar e emagrecer... Mas todo mundo sabe a ordem ... engorda... pra depois criar vergonha e emagrecer no pós casamento! kkkk 

 Euzinha em 2013 usando ela quando ela fechou pela primeira vez, aos 73kg.... Ah saudade desse corpitchoooo! Voltaaaaaaaaaa!

Então o objetivo é entrar nela de novo até o fim do ano! Pra voltar pra esse corpo aí eu tenho que perder mais 8kg! Tenho 5 meses pela frente! Pegar firme pra que dê certo.

3. Um segundo desafio dos 60 logo que esse acabar. Me manter fazendo atividade física diariamente. No fim dos 60 dias, me dar um prêmio de £20. Aqui isso dá muita coisa (vi casacos maravilhosos entre 12 a 18 libras que eu queria levar pra casa ontem!)

4. Chegar aos 68kg, mesmo com as festas de fim de ano. Esse é o desafio dos desafios! Isso significa que eu preciso perder 13 kg até o fim do ano! Dá no mínimo 2,6 kg por mês. Nada de 1kg só! Mas é um compromisso que eu fiz comigo, então quero chegar lá! Meu menor peso de 2013 foi 69 kg, como vocês viram na foto acima eu estava outra pessoa! Eu quero então fechar esse ano com um kg a menos do meu menor peso em tempos de dieta aqui no blog.


#Mudando de Assunto!

Fiquei devendo as medidas da postagem passada. Perdi a minha fita métrica, mas por sorte eu tinha outra guardada e pude registrar a quantas anda esse corpo... a diferença de um mês pro outro foi de 1.1kg, então nada drástico. Mas mesmo assim perdi busto (que não precisava!), abdome/barriga e quadril.

 
Só clicar que aumenta!


#Pra Manter o Bom Humor!

 como não pensar em comida?!


Bom é isso! Logo venho trazendo um pouco mais da minha vida em Liverpool, se deu certo o trabalho, os lugares pra visitar, as rotas de caminhada... etc!

Até a próxima! Abraços!








Comente com o FACEBOOK!

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Pesagem do dia 10! #ProjetoDedaEmForma

Oi gente, como estamos?! Por aqui vai tudo indo!

Tirando a parte que depois que eu troquei de remédio (anticoncepcional) parece que eu to numa tpm sem fim! Meu apetite aumentou bastante, e tá sendo barra controlar. Vontade de doces que eu geralmente não tenho também veio pra ficar. O humor de vidro, pronto pra estilhaçar e sair espetando todo mundo ao redor! Essa sou eu nesses últimos 10 dias. Quem sofre?! O marido, é claro! 

Esse serzinho que eu tenho é um anjo viu! Eu amo demais! Porque esses dias tá complicado. E essa iminência de "trabalha/não trabalha" tá me deixando louca!

Aé, não contei pra vocês. Eu fiz um treinamento essa semana anterior pra uma empresa de eventos aqui. É pra todas as áreas, cozinha, garçonete, limpeza, bar... O que precisarem eu to aceitando. Preciso pegar referencia de emprego aqui, depois eu procuro algo mais tranquilo, agora o que vier é lucro, e o salário é bom. Ainda não consegui pegar um turno com eles por dois motivos: primeiro que eu não tenho conta no banco (é necessário um comprovante de endereço com carimbo do conselho, algo mais oficial, conta de água e telefone é só adicionar o nome na internet, então não vale como comprovante), segundo porque eles mandam o e-mail na parte da manhã, e eu como excelente pessoa pra ir dormir as 6h da manhã acabo perdendo a oportunidade de responder o e-mail dizendo que estou disponível. 

Tarefa de casa pra mim, dormir cedo, no horário de gente que trabalha durante o dia. Porque mesmo que eu pegue turnos a noite, as ofertas de turnos são na parte da manhã. Ahhhh! O papel pro banco eu já pedi, demora uma semana pra chegar, logo logo deve estar na caixa de correio pra eu resolver essa questão.

Mudando totalmente de assunto, eu ando numa era tão "Garfield" querendo só comer e dormir. Ir fazer atividade física tá sendo uma luta. Além da semelhança com a paixão por massas que eu e o amável gato laranja temos... Ele vai ser a temática do meu blog desse mês... deixar aqui mais "colorido e divertido" .

Eu super me identifico!

Indo ao que interessa!


#ProjetoDedaEmForma!

PESO: 80.8 kg (-700g)
ÍNDICE DE MASSA CORPORAL: 35,9 (-0,3) Obesidade II (Mais um kg e eu saio dela!)
PORCENTAGEM DE GORDURA CORPORAL: 54,4% (-1%)

- Dia 10 é dia de tirar medidas: Mas eu não sei onde está a minha fita métrica, assim que eu achar eu atualizo aqui e na página do #ProjetoDedaEmForma



- Desafio de 60 dias: 42 dias de atividade física consecutivos!


- Observações gerais:

Apesar da minha briga com a comida ainda não estar sob controle, aparentemente eu fiz as pazes com a atividade física diária. É complicado ainda, dá muita preguiça começar, mas depois que iniciado eu sempre vou até o final e fico feliz por ter feito. Eu ainda não me vejo como uma pessoa ativa, mas pelo menos fiz o compromisso de tentar um pouco a cada dia me manter na linha. Não quero que esse desafio seja somente 60 dias... Quero que seja até o fim do ano pelo menos. Acabando esse de 60 dias, eu começo outro de mais 60, e cada vez que finalizar, vou  me recompensar. Ainda não fiz as escolhas, mas com certeza eu o farei.

O meu objetivo de 3kg por mês tá longe de ser completado, infelizmente... Mas mesmo assim tô feliz de saber que perdi em média um pouco mais de 1kg por mês esse ano. Iniciei o #ProjetoDedaEmForma em Dezembro de 2014, no natal com 89 kg. Em 7 meses eu perdi 8.2 kg. Não é o alvoroço que eu queria ( na minha cabeça seriam 21 kg) mas estou com menos do que havia começado. Então bola pra frente! Ainda quero tentar chegar aos 68 kg esse ano. Mais desafios virão depois que esse de 60 dias acabar... me aguardem!

Bom fim de semana!






Comente com o FACEBOOK!

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Praia de Crosby - Vida em Liverpool

Bom, eu tenho tentado falar um pouquinho mais da cidade que eu vivo, pra não ficar só na mesmice de dieta, peso, dieta, peso... 

Hoje eu vou falar de um dos meus lugares favoritos pra caminhar no verão. A praia de Crosby... ou Crosby Beach. 

A praia de Crosby vai do Porto de Liverpool, cruzando no caminho o bairro de Waterloo, Great Crosby e Little Crosby. Tendo seu limite no Golf Clube de Lancashire, próximo ao Posto da Guarda Costeira. Essa extensão tem em média de 3.6km de distância. Na divisa entre o asfalto e a praia você tem que caminhar de 300 a 500 metros (dependendo de onde) em uma grama super verde antes das dunas que dão acesso a orla. 

 Inicio da Praia de Crosby - Mirante do Porto
Another Place - Esculturas de Antony Gormley (São feitas de ferro, imagens do próprio escultor, espalhadas por toda praia em diferentes localizações umas mais em meio a água, outras mais próximas da costa)

Uma das diversões do Pessoal daqui é vesti-los com perucas, vestidos, chapéus...
 Já ao fim da Praia de Crosby, Chegando a Guarda Costeira
 
Eu curtindo um pôr do sol em Crosby Beach

Como mostrado no mapa, na parte mais próxima ao porto, há um lago - Marine Lake - onde possui o Adventure Center, onde você pratica esportes aquáticos como remo, caiaque, windsurf, entre outros. Também há o restaurante/bar com vista pro lago, que é um lugar super gostoso pra passar a tarde, comer ou tomar um drink. Levando em conta a localização tem um preço super acessível. Também há um pequeno lago onde vive a maioria das aves da região (cisnes, patos, etc). 

 Lago Menor ... Eu o chamo de "Lago dos Cisnes"
 
  Vista do Marine Lake e as boias delimitando as áreas de Esportes Aquáticos
Crosby Adventure Center - Restaurante Dentro e Fora com vista pro lago.
 
Entrada para o Marine Lake pelo Adventure Center. Pessoas praticando Remo.
 

Para comodidade de seus visitantes nas proximidades da praia há 3 acessos a banheiros públicos. O primeiro em frente a estação de Trem de Waterloo (3 quadras da entrada para o gramado), um no fim próximo a guarda costeira  (esses dois primeiros por 20p) para o seu uso, e um gratuito dentro do Adventure Center. Além de caminhões de sorvete estacionados no decorrer do percurso.

Banheiro Público, com rampa de acesso. Dentro de cada cabine há espelho, pia, papel higiênico e os banheiros dão descarga. São fixos com todas as facilidades. Felizmente as pessoas não picham ou quebram o espelho do banheiro, sendo de excelente qualidade para uso e estão sempre muito limpos. 
 Em meio a praia, há entradas para carros (só com permissão) como esse que vende sorvetes, picolés, água, etc. Nesses ambulantes não há venda de bebida alcoólica. 
 
 Observadores telescópicos para admirar a vista dos moinhos de energia eólica além de outras praias que dá pra avistar dali.
 
 Há bancos espalhados em lugares estratégicos para as melhores vistas e onde esses caminhões de sorvete param... 
 
 Como não é uma praia para banho, é permitido o passeio com cachorros por toda costa a beira mar, mas assim como os avisos, tem uma quantidade grande de lixos espalhados pela costa na pista de caminhada para que os donos mantenham a praia limpa, sem "surpresas" pelo caminho para os outros usuários. 
- Ensaque! Amarre! Jogue no lixo!"
Aviso aos usuários. A praia não é para atividades aquáticas (infelizmente). A proximidade com o porto além de sujeira, traz um grande tráfico de barcos de grande porte causando ondas irregulares e outros perigos para "banhistas". É uma praia só para ver e aproveitar o sol... nada de entrar na água pra se refrescar :(

Apesar de não poder entrar na água, a vista da praia é incrivel, é super fresquinho e o lugar mais gostoso pra aproveitar o sol. No verão é comum você ver todo mundo na praia, até muitas vezes de biquini, fazendo churrasco (aqui vende umas churrasqueiras descartáveis), tomando suco e aproveitando o dia de sol. Eu sempre dou um jeito de as vezes sentar lá e apreciar a vista. Além de que tem a pista pra caminhada cheia de gente caminhando, correndo ou de bicicleta. 

Placas informativas, bicicleta pro lado da grama, pedestres do lado pra praia. 

Antes ainda da praia, há vários "jardins" para uma caminhadinha mais próxima com os cachorros, ou pra fugir de todo o vento vindo do oceano. Mas esses vão ficar pra próxima postagem! Um pouco de informação de cada vez... Espero que tenham gostado! Essa com certeza é a minha rota favorita de caminhada. 

Volto pra pesagem!
Boa semana pra gente! Abraços!







Comente com o FACEBOOK!